---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Adolescentes de Medidas Socioeducativas participam da primeira intervenção de arte urbana moderna em Ponte Serrada

Publicado em 05/12/2018 às 17:18 - Atualizado em 05/12/2018 às 19:07

Aconteceu nos dia 01 e 02 a  primeira intervenção de arte urbana moderna no município de Ponte Serrada, o evento foi organizado pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social – CREAS  sob coordenação da psicóloga Patrícia Peroza  com o envolvimento da equipe técnica; psicólogo Márcio Barbosa e a de assistênte social Mari Dalla Vechia, com a colaboração da Secretaria Municipal de Assistência Social e teve como público prioritário adolescentes em cumprimento de Medidas Socioeducativas em meio aberto.

Vale destacar que a  medida socioeducativa é aplicada pelo Ministério Público e confirmada através de sentença pelo Poder Judiciário à adolescentes que cometeram atos infracionais (qualquer conduta tipificada como crime para adulto é considerado ato infracional para quem tem menos de dezoito anos) e tem um caráter duplo, segundo a Lei Federal 8069/90 o já conhecido Estatuto da Criança e do Adolescente e corroborado pela Lei Federal 12594/2012 Sinase - Sistema Nacional Socioeducativo, esta duplicidade compreende o aspecto punitivo ao adolescente que agiu a margem da lei, porém ao mesmo tempo tem um caráter pedagógico, ou seja, fazer com que se oportunize ao adolescente adquirir algum aprendizado para a vida e especialmente que desenvolva a capacidade de produzir um projeto de vida, a saber, que muitos destes adolescente por sua condição de vulnerabilidade nem ao menos estão atentos para o que almejam para si quando atingirem a idade adulta.

Para que este trabalho fosse realizado contou-se com a orientação do Professor Moises Tupinambá, conhecido no  meio artístico pelo codinome “Motu”, Grafiteiro de Porto Alegre – RS com experiência de mais de dez anos na arte e Licenciatura em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. "O professor fez toda uma exposição teórica sobre a arte grafite e suas origens por um período e quatro horas e após por mais doze horas ofereceu orientações práticas aos adolescentes que confeccionaram um painel na fachada do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Reviver do bairro Baia Alta, obra de arte que pode ser visitada e apreciada por toda a população", explicou o psicólogo Márcio Barbosa

"Sob essa ótica da reeducação, temos que um dos instrumentos de transformação social largamente utilizados com amplo sucesso é a inserção cultural pela arte em suas mais variadas formas, proporcionando quando adequadamente direcionada mudanças culturais significativas e perenes e a arte urbana, que hoje encontra-se em crescimento nos centros urbanos tem exponencial destaque, especialmente quando se fala da arte grafite, a qual foi a produção realizada neste evento”;comentou o psicólogo Márcio Barbosa.

 

 

Informação adicional para a imprensa: Jornalista: Nataniele Barreto Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal de Ponte Serrada E-mail: imprensaponteserrada@outlook.com Fone: (49) 3435-0090 e (49) 9-9174-0084 Site: ponteserrada.sc.gov.br


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar